Pregão Eletrônico


POR FLAVIA VIANNA


O pregão eletrônico é realizado pela internet, possibilitando a participação de licitantes de todo o Brasil sem custas de translado, bastando que possuam acesso à Internet.

Na esfera federal, o pregão eletrônico é a forma preferencial (e obrigatória) para aquisição/contratação de objetos comuns, apenas podendo ser afastado mediante justificativa da inviabilidade de sua adoção, situação na qual o órgão/entidade adotará sua forma presencial.

Sites utilizados no pregão eletrônico

Os provedores mais utilizados no Brasil para realização de pregões eletrônicos são o Sistema Compras Governamentais (
www.comprasgovernamentais.gov.br ) e o Sistema Licitações-e do Banco do Brasil ( www.licitacoes-e.com.br ).

Esses dois provedores permitem a adesão de órgãos/entidades de qualquer esfera governamental, bastando firmarem termo de adesão ou acordo de cooperação técnica.

O diferencial existente entre os dois sistemas é que o Compras Governamentais é disponibilizado gratuitamente aos seus usuários, enquanto a utilização do sistema do Banco do Brasil (Licitações-e) opera-se mediante pagamento.

O edital deverá mencionar em qual provedor ocorrerá o pregão eletrônico, informando o sítio virtual para acesso.